18/10/2021

Boiseries

Rosetas na Decoração – da Parede ao Teto

Os pequenos detalhes costumam fazer toda a diferença na hora de decorar um espaço, pois são  capazes de compor um ambiente de forma única. Mas, para que isso aconteça, tudo precisa ser muito bem pensado e nenhum canto pode ser deixado de lado, nem mesmo o teto!

Para quem prefere decorações mais discretas nessa parte do cômodo, rodatetos e sancas são as opções mais comuns e garantem um acabamento que valoriza bem qualquer local. Porém, se você busca algo que chame mais atenção, trazendo elegância e singularidade, as rosetas são os elementos ideais.

Conheça mais sobre elas lendo este conteúdo!

O que são rosetas? 

Rosetas são um tipo de acabamento geralmente redondo e que possui flores estilizadas em seu design. O nome não é por acaso, já que roseta é diminutivo de rosa e esse conceito é utilizado na botânica para definir a disposição de folhas que formam um círculo quando vistas em conjunto — assim como o ornamento decorativo.

Há indícios de que elas tenham surgido na Mesopotâmia e depois tenham feito parte dos elementos arquitetônicos na Grécia Antiga. Mais tarde, as rosetas foram retomadas no período Renascentista, por isso são bastante associadas a uma decoração mais tradicional.

Para utilizá-las com esse objetivo clássico, o mais comum é centralizá-las no teto de salas de estar ou salas de jantar em volta de uma luminária ou um lustre, valorizando esse elemento. Compor as rosetas dessa maneira costuma chamar bastante atenção por agregar textura e volume, especialmente quando colocadas em toda a extensão do teto.

Além disso, compor o espaço com móveis mais vintage ou retrô pode transformar esse cômodo em um local mais romântico e belo, resgatando justamente a decoração de séculos anteriores.

Porém, engana-se quem acredita que as rosetas são obrigatoriamente elementos tradicionais e clássicos, pois elas podem justamente significar o contrário quando colocadas de forma menos óbvia no ambiente.

Leia mais: Modernos e sofisticados: confira os acabamentos que harmonizam qualquer ambiente

 

Rosetas na parede? 

Muita gente não sabe, mas as rosetas não servem apenas para decorar o teto. Elas também podem ser usadas em uma decoração mais criativa, na parede, principalmente para quem gosta de brincar com texturas e formas, o que é uma excelente opção se você busca originalidade.

Quando pintadas com cores vibrantes, as rosetas quebram o ar de seriedade e tornam o ambiente mais divertido, moderno e jovem. Para agregar ainda mais esse tom descontraído e singular ao seu espaço, vale também misturar os tamanhos, as formas e designs, com rosetas mais detalhadas e outras mais minimalistas juntas.

De que tipo de material as rosetas são feitas?

Rosetas de gesso costumam ser mais lembradas quando falamos deste elemento, porém elas podem ser encontradas esculpidas em madeira ou, atualmente, em poliestireno, que é a forma mais moderna e econômica.

As rosetas de poliestireno GART são bastante resistentes e leves, portanto exercem menos peso sobre a estrutura. Além disso, são bem simples de serem instaladas: basta aplicar cola e pressioná-las na superfície, sem que seja preciso lidar com sujeira ou barulho, tornando a sua casa mais bonita de forma prática.

Saiba mais sobre este material: Poliestireno e poliuretano: entenda como esses materiais fazem toda diferença no décor

Conheça nossos produtos

Quer saber onde encontrar estes e outros acabamentos para a sua reforma? Acesse nosso site e confira um portfólio completo para transformar a sua casa do jeito que você sempre sonhou!